Cauda Longa: Saiba como trabalhar com Nichos de Mercado!

Já imaginou poder trabalhar com o máximo possível de clientes e consumidores qualificados, lhes oferecendo produtos personalizados, de uma forma que atenda perfeitamente às suas necessidades? 

A cauda longa nos ajuda a estudar um pouco mais a fundo os reais desejos e interesses dos clientes. Isso lhe permite obter uma comunicação totalmente personalizada com seus consumidores, direcionando para eles, somente anúncios e conteúdos que tenham relevância.

O que é Cauda Longa?

A Cauda Longa é uma ferramenta estatística de marketing. representada por um gráfico de curva. A estratégia de utilizar essa ferramenta, visa direcionar suas ações e investimentos de marketing para produtos com pouca demanda.

Quando utilizamos essa ferramenta para analisar a situação do varejo, por exemplo, é possível observar que os produtos de Nichos de Mercado específicos geram tanta receita e resultados quanto os produtos de alta procura.

Analisando este cenário, podemos ver que hoje em dia muitas empresas procuram oferecer produtos cada vez mais segmentados para um Nicho de Mercado específico. Como resultado, elas acabam obtendo mais receita, mesmo que eventualmente estejam vendendo menos.

O fácil acesso das pessoas à internet e também as novas tecnologias, possibilitou que pessoas sejam de alta ou baixa classe de renda, se tornassem bem mais informadas e com o acesso a informação mais simplificado. Isso foi ótimo tanto para pequenas como as grande empresas. Para a primeira, se tornou viável o investimento em marketing por meio de mídias digitais, enquanto que para a segunda, gerou uma grande economia e os resultados se tornaram tão melhores quanto.

As 3 regras da Cauda Longa

  • Redução de Custos

Essa regra possui duas diretrizes. A primeira é chamada de movimentação de estoques, que se refere a estoques digitais. Como exemplo, podemos citar o app Spotify. As músicas que antes eram disponibilizadas de forma física em cds, hoje em dia são disponibilizadas em plataformas digitais.

A outra é a produção colaborativa.Isso pode ser feito através de feedbacks de seus clientes em relação aos seus produtos. Você adquire um controle de qualidade, obtendo uma avaliação confiável e gratuita. 

  • Desenvolver a mentalidade do Nicho

Essa regra possui a premissa de que cada cliente é único. cada um possui seus desejos, interesses e necessidades. Por isso, tenha em mente que não é possível que um produto agrade a todos os consumidores.

Cada combinação de produto possui redes de distribuição diferentes, atendendo a targets diferentes. E esse custo de distribuição acaba acarretando na variação da precificação do seu produto ou serviço.

Portanto, é necessário pensar em todas as variáveis ao optar por utilizar a longtail.

  • Perder o controle

Essa regra consiste em lançar os seus produtos, e deixar que o mercado por si só, lhe traga respostas. Ou seja, entregar aos seus consumidores e clientes a sua combinação de produtos e observar as suas reações. 

Com o tempo, você poderá analisar o resultado da venda dos produtos, e com isso fazer os ajustes necessários para que os produtos que não tiveram um bom resultado, passarem a ter. E os que já possuem boas vendas, venderem ainda mais.

Mantenha-se atualizado. Acompanhe nosso blog e siga-nos nas redes sociais!